A manutenção de caminhões deve ser feita regularmente.Além de diminuir os acidentes, deve-se considerar a economia, tendo em vista que o custo da manutenção é menor que o gasto anual em peças novas e ajustes constantes. Por isso, sabendo da importância da manutenção de caminhões para gestores de frotas, a Systemsat preparou esse artigo para sanar suas dúvidas sobre o assunto. Confira!

Como saber se o caminhão precisa ser revisado?

A manutenção preventiva de sua frota é essencial, pois irá garantir a segurança dos motoristas, da carga e pode, até mesmo, evitar multas. Durante a manutenção, problemas são identificados e podem ser corrigidos A manutenção preventiva, identifica alterações antes que elas comprometam a viagem, a carga e o motorista. O número de quilômetros necessários para ocorrer a revisão da frota encontra-se no manual do fabricante do seu caminhão.

A revisão preventiva periódica em caminhões é recomendada, principalmente, pelos fabricantes. Caso ainda não tenha ocorrido, identifique os sinais e peça uma avaliação o mais rápido possível.

Não sabe identificar os sinais? Confira uma que vai ajudar você.

Saiba o que verificar na manutenção de caminhões

o que verificar na manutenção de caminhões e carros

Fluidos

A principal função dos fluidos é reduzir o atrito entre as peças, logo, esse produto estando com comprometido, prejudica o funcionamento do veículo.

Ao realizar a manutenção de caminhões, siga as recomendações dos fabricantes dos componentes. Também é importante verificar a data de validade dos fluídos.

Cheque os pneus

Não é recomendado rodar com pneus instáveis, logo, antes de colocar o veículo na estrada, utilize da verificação visual para buscar danos nos pneus, na profundidade das bandas de rodagem e padrões determinados pelo fabricante. Procure fazer, também, a medida e o ajuste da pressão em relação à carga transportada no caminhão, conforme padrões determinados pelo fabricante.

Os estepes dos pneus não devem ficar de lado, precisando ser verificados e calibrados da mesma forma.

Troque os filtros

Os cuidados com os filtros devem seguir o que for recomendado pelos fabricantes da marca. É recomendável que, na manutenção dos caminhões, utilize-se produtos originais, devido a certificações e recomendações para cada função, garantindo o bom funcionamento do veículo.

A manutenção deve ser feita de forma periódica, pois aumenta a potência do seu motor. Ao notar que o filtro possui muita sujeira, com aparência escura, é preciso realizar imediatamente a troca.

Óleo do motor

É preciso verificar o nível do óleo, por meio da vareta, atentando-se para o aspectos e a cor. Nesse caso, consulte um profissional para verificar o veículo como um todo. A troca do óleo deve ocorrer de acordo com as orientações da fabricante do óleo ou montadora do veículo.

Caso o nível esteja baixo, mas o óleo esteja em bom estado e novo, basta fazer o complemento do óleo que está no motor.

Baterias

A bateria de caminhão é um pouco mais robusta para suportar a demanda do veículo. Para que funcione perfeitamente, precisa estar bem instalada, com a solução destilada em nível adequado e com seus pólos sem impurezas. Planejar a troca frequente de baterias e optar por produtos de tecnologia mais avançada é essencial na manutenção de caminhões na sua frota.

O uso inadequado ou excessivo da bateria pode ocasionar danos como descarregamento precoce, portanto, o consumo energia elétrica deve ser vigiado. Isso pode ser feito desligando a chave central do veículo, ferramenta projetada para interromper o consumo de energia.

Revise a suspensão

Responsável por absorver irregularidades do solo por meio do sistema de molas, a suspensão protege as cargas transportadas e o chassi de danos causados por buracos ou solos desnivelados.

O sistema possui importância também na estabilidade do veículo, protegendo e proporcionando maior conforto ao motorista. Portanto, é um ponto impotente na manutenção de caminhões.

Palhetas do limpador

As palhetas do para-brisa também exigem verificação, pois atuam na segurança do veículo, do condutor e da carga. Suas necessidades aumentam em períodos chuvosos, por isso, é preciso estar atento ao seu estado.

Quinta roda

A limpeza e o engraxamento das ranhuras da quinta roda são necessárias, tal como a verificação de divergências em seus componentes.

Ao arrancar ou frear o veículo, se um tranco vindo da parte traseira ocorrer, pode ser sinal de problemas na quinta roda. É preciso fazer a sua verificação constantemente, pois seu papel é essencial para a segurança da carga e do caminhão.

Deve-se checar o aparecimento de folgas e se o bloco, barra e garra de travamento do pino-rei e do disco de fricção se encontram conservados.

Freio

Se, ao pisar gradualmente no freio, o pedal ceder, é sinal de defeito no sistema de frenagem.

O manômetro, no sistema de ar, deve ser verificado também, pois mede as variações nos níveis de pressão, localizado no painel do veículo.

Gostou das dicas da Systemsat? Somos líderes em software de rastreamento, com mais de 250.000 rastreadores ativos no país. Em nosso blog você encontra diversas dicas sobre frotas e rastreamento veicular. Para conhecer mais a fundo nossos serviços, acesse nosso site e, em caso de dúvidas, entre em contato conosco.

Links úteis:
sistemas de rastreamento
montar uma central de rastreamento
rastreamento de frota