CONHEÇA NOSSO BLOG
02Out
Carro Rastreado

Saiba o que fazer após a instalação do rastreador veicular

Visando reduzir os custos relacionados à manutenção das frotas, muitas empresas instalam os sistemas de rastreamento veicular em seus veículos. Contudo, é preciso entender bem como instalar e utilizar esse recurso para minimizar os custos ligados à manutenção dos automóveis. Por exemplo, há uma série de procedimentos que devem ser empregados após a instalação do rastreador veicular, mas que nem toda organização os emprega. A Systemsat te mostra, a seguir, uma relação deles!

O que deve ser feito após a instalação do rastreador veicular?

dicas para a instalação do rastreador veicular

1. Assinatura do termo de responsabilidade

Ao contratar um condutor, a empresa deve pedir que ele assine um documento, se responsabilizando pela condução do veículo de trabalho e um termo de responsabilidade, relacionado ao uso do veículo rastreado. Esse procedimento feito após a instalação do rastreador veicular, assegura à empresa um maior comprometimento por parte do condutor, já que ele ficará ciente das responsabilidades ligadas à condução do veículo da empresa.

2. Configurar alertas sobre o uso incorreto do veículo

Dentre as tarefas feitas após a instalação do rastreador veicular, o gestor da frota deverá configurar alertas sobre a utilização inadequada dos veículos. Essas notificações são muito úteis para advertirem condutores que utilizam os automóveis da empresa para fins particulares, gerando despesas a mais com combustível e prejudicando as atividades de rastreamento de frota.

3. Regular o excesso de velocidade

Um dos grandes benefícios trazidos pelo sistema de rastreamento veicular é a possibilidade de analisar as velocidades percorridas pelos veículos. Acessando tais informações, traça-se uma rota a ser percorrida pela frota e se determina a velocidade média em que ela será feita. Tais vantagens, que são adquiridas após a instalação do rastreador veicular, possibilitam que o gestor gere relatórios e ações que advirtam os motoristas.

4. Identificar que o veículo é rastreado

Mostrar que o veículo está sendo rastreado traz vantagens para uma empresa: em primeiro lugar, lembra ao condutor que ele é o principal responsável pela boa condução do automóvel. Além disso, a identificação de monitoramento faz com que assaltantes pensem duas vezes antes de render o motorista. Afinal, a polícia poderá ser acionada a qualquer momento.

5. Acompanhar o desempenho da frota

Não se pode esperar que os resultados venham a curto prazo. Porém, é desejável que já na primeira semana após a instalação do rastreador veicular seja feito o acompanhamento de toda a frota equipada com o sistema de rastreamento. Nossa dica é para que diariamente você escolha um veículo para analisar pontos como: percurso feito no dia anterior, aspectos da lataria, estado do motor e calibragem dos pneus. Lembrando que uma parte dessa análise pode até ser feita por meio do software de rastreamento.

Como garantir a eficiência do rastreamento veicular?

Tão importante quanto executar os procedimentos de pós-instalação do rastreador veicular, é necessário que você utilize as informações obtidas pelo rastreamento para aprimorar o desempenho dos veículos sob o seu controle. Mas, é claro, isso só será possível se você contar com uma empresa respeitável na área de monitoramento. A Systemsat oferece aos seus clientes soluções inteligentes para a gestão de frotas. Quer saber mais sobre nosso sistema de rastreamento? Acompanhe as informações que compartilhamos em nosso blog e redes sociais!

Posts Recentes Tags